domingo, 1 de novembro de 2009

MEU MELHOR AMIGO DEU-ME UM SOCO




Conta uma lenda árabe que dois amigos viajavam pelo deserto e, em um determinado ponto da viagem, começaram a discutir tanto que um acabou dando um soco no rosto do outro.
O que foi agredido, sem nada dizer, escreveu na areia: HOJE, MEU MELHOR AMIGO DEU-ME UM SOCO NO ROSTO.
Mesmo ressentidos, seguiram viagem juntos e chegaram a um oásis. Enquanto se banhava num dos poços, o que havia levado o soco começou a se afogar, mas, foi salvo pelo amigo.

Ao se recuperar pegou um estilete e escreveu numa pedra: HOJE, MEU MELHOR AMIGO SALVOU-ME A VIDA!


Quando um amigo nos ofende, devemos escrever na areia, onde o vento do esquecimento e do perdão se encarregam de apagar; porém quando nos faz algo grandioso, deveremos gravar na pedra da memória do coração, onde vento nenhum do mundo poderá apagar.



"Fiéis são as feridas dum amigo;
mas os beijos dum inimigo são enganosos".

(Provérbios 27:6)

EU SABIA!



Na guerra...
- Meu amigo ainda não regressou do campo de batalha, senhor. Solicito permissão para ir buscá-lo, pediu um soldado ao seu superior.

- Permissão negada, soldado, respondeu o oficial, não quero que você arrisque a sua vida por um homem que provavelmente já está morto.

O soldado, desconsiderando a proibição, saiu e, uma hora mais tarde, voltou transportando o cadáver de seu amigo.

O oficial ficou furioso:
- Eu te disse que ele já estava morto! Agora, por causa da sua indisciplina, eu perdi dois homens, pois você ficará preso e enfrentará a corte marcial. Valeu a pena, soldado, só pra resgatar um cadáver?

E o soldado respondeu:
- Senhor, quando encontrei o meu amigo ele ainda estava vivo e pode me dizer: "Eu sabia que você viria!"





"Em todo o tempo ama o amigo;
e na angústia se faz o irmão."

(Provérbios 17:17)

DOAÇÃO DE SANGUE


Numa aldeia vietnamita, um orfanato dirigido por um grupo de missionários foi atingido por um bombardeio. Várias crianças tiveram morte instantânea. As demais ficaram muito feridas, entre elas, uma menina de oito anos, em estado grave.

Ela precisava de sangue, urgentemente. Com um teste rápido descobriram seu tipo sangüíneo, mas, infelizmente, ninguém na equipe médica era compatível.
Chamaram os moradores da aldeia e, com a ajuda de uma intérprete, lhes explicaram  o que estava acontecendo. A maioria não podia doar sangue, devido ao seu estado de saúde. Após testar o tipo sangüíneo dos poucos candidatos que restaram, constataram que somente um menino estava em condições de socorrê-la.

Deitaram-no numa cama ao lado da menina e espetaram-lhe uma agulha na veia. Ele se mantinha quietinho e com o olhar fixo no teto, enquanto seu sangue era coletado. Passado alguns momentos, ele deixou escapar um soluço e tapou o rosto com a mão que estava livre. O médico pediu para a intérprete perguntou a ele se estava doendo. Ele disse que não.

Mas não demorou muito, soluçou de novo e lágrimas correram por seu rostinho.

O médico ficou preocupado e pediu para a intérprete lhe perguntar o que estava acontecendo. A enfermeira conversou suavemente com ele e explicou para o médico porque ele estava chorando:
- Ele pensou que ia morrer. Não tinha entendido direito o que você disse e estava achando que ia ter que doar todo o seu sangue para a menina não morrer.

O médico se aproximou dele e com a ajuda da intérprete perguntou:
- Mas se era assim, porque então você se ofereceu para doar seu sangue?

- Porque ela é minha amiga.

[Fato relatado como verídico]

"Ninguém tem maior amor do que este,
de dar alguém a sua vida pelos seus amigos."
(João 15:13)

UMA NOTA DE ALEGRIA


Certa vez perguntaram ao compositor alemão Franz Joseph Haydn qual a razão de suas composições sacras serem tão alegres.

Ele respondeu:
- Não posso fazê-las de outro modo. Quando penso em Deus e em Sua graça manifestada em Jesus Cristo, meu coração fica tão cheio de alegria que as notas parecem saltar e dançar da pena com que escrevo. Já que Deus me tem dado um coração alegre, deve ser-me permitido servi-lo com alegria.


"Servi ao Senhor com alegria,
e apresentai-vos a ele com cântico."
(Salmo 100:2)

AS DUAS CAIXAS




Deus deu-me duas caixas e disse:
- Coloque todas as suas tristezas na caixa cinza e todas as suas alegrias na caixa azul.

Tempos depois eu percebi que a caixa azul estava muito mais pesada que a caixa cinza e fiquei um pouco confuso, pois, se tive muitas alegrias na vida, também não me faltaram tristezas. Como, então, a caixa de alegrias podia pesar tão mais que a caixa de tristezas?

Curioso, abri a caixa cinza e ela estava vazia, pois tinha um buraco no fundo. Então, eu perguntei:
- Senhor, deste-me uma caixa furada e minhas tristezas desapareceram. Onde elas foram parar?

- Elas vieram se apresentar diante do meu altar e as devolvi para você.

- Para mim? Mas elas não estão comigo.

- É que eu as devolvi transformadas.

- Transformadas? Como assim, meu Senhor?

- Transformadas em alegria. Olhe a sua caixa azul e você vai entender.

Abri a caixa azul e lá estavam todas as minhas alegrias (como foi bom contá-las todas de uma vez). Mas, lá estavam também as minhas tristezas, com uma carinha diferente, transformadas em alegrias.




"O nosso Deus converteu
a maldição em benção."
(Neemias 13:2)

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

A CAMISA DA ALEGRIA




Era uma vez um rei que, apesar de ser muito rico, era triste, pois não conseguia aumentar o seu tesouro.
Ele estava sempre de mal humor e isto causava enormes problemas a todos, pois seus decretos, rudes e injustos, massacravam o povo com exigências descabidas.
Por fim, o rei acabou entrando em depressão. Seus médicos lhe disseram que a única cura para a sua doença era a alegria. O monarca, então, ofereceu um excelente prêmio a quem pudesse lhe trazer a alegria de volta.
Muitos tentaram, mas ninguém conseguiu arrancar um só sorriso da cara do rei. Nada conseguia alegrá-lo. Nem os músicos, nem o bobo da corte, nem as dançarinas, nem os lançadores de enigmas, nem os mímicos, nem os encantadores.

Os amigos do rei resolveram consultar um grande sábio que vivia ali. Ele lhes disse que se o rei vestisse a camisa do homem mais feliz daquele reino, a alegria voltaria ao seu coração.

Iniciou-se, então, uma intensa investigação, para se descobrir quem era o homem mais feliz de todos.

Para surpresa dos investigadores, o homem mais feliz daquele reino morava longe do luxuoso palácio do rei, num casebre muito simples. Ele, sua mulher e seus filhos trabalhavam de sol a sol no cabo da enxada para conseguir se manter, mas, sempre unidos, passavam o dia rindo e cantando.

Os investigadores contaram-lhe o problema que os havia trazido ali e pediram-lhe que ele lhes desse uma de suas camisas, para que a alegria pudesse voltar ao coração do rei. Só então compreenderam porque aquele homem trabalhava na lavoura de peito nú, ele não tinha nenhuma camisa.
Um dos investigadores, espantado, perguntou-lhes como conseguiam ser tão felizes tendo tão pouco, ao contrário do rei, que tinha tanto, mas era infeliz: - Somos felizes porque o reino de Deus está em nossos corações, respondeu-lhe o homem.
"O reino de Deus não consiste
no comer e no beber,
mas na justiça, na paz,
e na alegria no Espírito Santo."
Romanos 14.17

SE VOCÊ ESTA TRISTE!






Você está triste porque perdeu o seu amor!
Lembre-se daquele que não teve um amor para perder.



Você se decepcionou com alguém!
Lembre-se daquele que cujo nascimento foi uma decepção.



Você está cansado de trabalhar!
Lembre-se daquele que angustiado perdeu o seu emprego.



Você reclama uma comida mal feita!
Lembre-se daquele faminto que morre definhando
faminto sem um pedaço de pão.



Você anda aborrecido com a vida!
Lembre-se daquele que espera um sorriso teu.



Você teve um amor para perder
Um trabalho para cansar.
Um sonho desfeito.
Uma tristeza para sentir
Uma comida para reclamar
Lembre-se que você tem um Deus para agradecer.
Pois existem muitos que daria tudo para
estar no seu lugar.

PRA QUE REMOER O PASSADO?









Você não precisa voltar no tempo para viver o que deixou pra trás,
mas pode viver neste momento o que realmente quer viver.

Liberte-se do passado
Deixa Deus agir em favor de ti

Esqueça o passado, ele não volta mais...
Entenda que o único lugar onde ele ainda vive é em sua mente.
Fora dela ele não é nada, não acrescenta nada!

Nunca pense que perdeu muito no passado

Mas, será que realmente você perdeu algo? Não acredito! Tudo o que você viveu ou abriu mão no passado, de uma forma ou de outra, serviram para formar a pessoa que você é hoje!

Muitas vezes você deve ter imaginado que, se tivesse a cabeça que tem hoje, nos tempos em que era uma molecona, sua vida teria sido bem melhor. Mas, aí, você jamais seria a mulher que é hoje, já parou para pensar? E pra que pensar no que faria nos seus tempos de garota se nada te impede de ter a mesma maturidade hoje?

Oras, com todo este conhecimento, com toda esta bagagem de mulher vivida, você deveria ser capaz de fazer de sua vida algo bem melhor agora! E porque não faz, então? Será que é porque se esqueceu de que tudo na vida é uma questão de escolha?
Sim, você pode escolher ser feliz ou infeliz, apenas determinando que tudo aquilo que te ofende não tem mais influência em sua vida!
E você deve fazer estas escolhas agora, no presente!

Deixe Deus em favor de ti menino!!!

Mesmo assim, ainda quer trazer o passado de volta?
Realmente quer viver como era antes, mesmo sabendo que terá que pagar o preço de sua escolha?

Então, você vai voltar a viver com a mesma cabeça que tinha no tempo em que era feliz - sua adolescencia, por exemplo. E vai abrir mão das preocupações e deixar de pensar tanto no futuro. Ser irresponsável ou mais responsável, tanto faz: a escolha é sua.

Quem sabe agora você possa entender que não perdeu nada do passado, mas que está perdendo um monte de coisas no presente se remondo de passados que so trazem tristeza e arrependimento ao seu coração! Pare um pouco e analise suas escolhas. Vamos lá, dê um tempo para sua mente e relaxe, menina! Pare de correr tanto sem direção. Deixa Deus agi a seu favor de ti menina. Mesmo que para você o futuro pareça estar planejado e cheio de recompensas, esta sua necessidade de fugir para o passado demonstra que algo está errado em sua vida!
Então, que tal parar de deixar passar tantas oportunidades de ser feliz,
se basta fazer as escolhas certas agora?

Saiba Deus tem o melhor para você
Liberte-se do passado
E deixa Ele agi em favor de ti
Pense nisso!

domingo, 25 de outubro de 2009

A FÁBULA DO PORCO ESPINHO




Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor. Por isso decidiram se afastar uns dos outros e voltaram a morrer congelados, então precisavam fazer uma escolha: ou desapareceriam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.


Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.


E assim sobreviveram. ..


Moral da História:


O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e consegue admirar suas qualidades.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

ABA, PAI!




Debbie Moon, professora do primeiro ano, estava com seus alunos vendo a fotografia de uma família. Na foto, um menininho tinha o cabelo de cor diferente da dos outros.

Uma das crianças, Jocelyn, achou que ele era diferente porque devia ter sido adotado, e disse: "Eu sei tudo sobre adoção porque eu sou adotada."

"O que quer dizer ser adotado?", perguntou uma outra criança.

"Significa," disse Jocelyn, "que você cresceu no coração de sua mãe em vez de crescer na barriga dela."



E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo.
Efésios 1.5

Debbie Moon, professora do primeiro ano, estava com seus alunos vendo a fotografia de uma família. Na foto, um menininho tinha o cabelo de cor diferente da dos outros.

Uma das crianças, Jocelyn, achou que ele era diferente porque devia ter sido adotado, e disse: "Eu sei tudo sobre adoção porque eu sou adotada."

"O que quer dizer ser adotado?", perguntou uma outra criança.

"Significa," disse Jocelyn, "que você cresceu no coração de sua mãe em vez de crescer na barriga dela."



E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo.
Efésios 1.5

VASOS QUEBRADOS


 
Era uma vez um depósito de vasos quebrados.

Ninguém se importava com eles. Eles mesmos não se importavam por estar quebrados, ao contrário, quanto mais quebrados ficavam, mais eram respeitados pelos outros.

Um dia, por engano, um vaso inteiro foi parar no meio dos vasos quebrados, mas, por ser diferente dos demais, de imediato ele foi rejeitado e hostilizado.
Justo ele, que tinha uma necessidade miserável de ser aceito.

Tentou se aproximar dos vasos menos danificados, aqueles que tinham apenas a boca rachada, mas, não deu certo. Depois, procurou se aproximar dos vasos que tinham apenas um pequeno furo na barriga, mas, também foi repelido. Tentou uma terceira vez, com os vasos que estavam trincados na base, mas, não adiantou.

Resolveu, então, arranjar umas brigas, esperando conseguir um ferimento, um risco, uma trinca ou, quem sabe, com um pouco de sorte, até um quebrado bacana, mas, naquele lugar, ninguém tinha força bastante para quebrar os outros. Se algum vaso quisesse se quebrar, tinha que fazer isso sozinho.

E foi isso mesmo que ele fez. E conseguiu o que queria, ser aceito no clube dos vasos quebrados.

Ficou feliz, realizado, mas, não por muito tempo, pois, logo começou a se incomodar com uma outra necessidade, a de ser respeitado pelos demais vasos quebrados.

Para isso, teve que ir-se quebrando. E se quebrou em tantos pedaços que voltou ao pó.

E deixou de ser vaso!


Não vos enganeis. As más companhias
corrompem os bons costumes.

I Coríntios 15.33

AMARGO REGRESSO




Esta história é contada como verídica. Fala de um jovem soldado que finalmente estava voltando para casa, depois de ter lutado numa guerra muito sangrenta.

Ele ligou para seus pais e disse-lhes:
- Mãe, Pai, eu estou voltando para casa, mas, quero lhes pedir um favor. Eu tenho um amigo que eu gostaria de trazer comigo.

- Claro, filho, nos adoraríamos conhecê-lo!

- Mas, há algo que vocês precisam saber, ele foi terrivelmente ferido na guerra; pisou em uma mina e perdeu um braço e uma perna. Ele não tem nenhum lugar para ir e, por isso, eu quero que ele venha morar conosco.

- Puxa, filho, não é facil cuidar de uma pessoa com tantas dificuldades assim... mas, traga-o com você, nós vamos ajudá-lo a encontrar um lugar para ele.

- Não, mamãe e papai, eu quero que ele venha morar conosco.

- Filho, nós não podemos assumir um compromisso tão grande assim. Ele não seria feliz morando aqui conosco. E nós perderíamos um pouco da nossa liberdade. Vamos achar um lugar em que cuidem bem dele.

- Está certo, papai, o senhor tem razão!

Alguns dias depois, no entanto, eles receberam um outro telefonema, da polícia. O filho deles havia cometido suicídio, num hotelzinho de beira de estrada numa cidade vizinha, bem perto deles.
Quando ele foram fazer o reconhecimento do corpo descobriram que o "amigo" do qual o rapaz falara era ele mesmo, que havia sido gravemente ferido na guerra e escondera o fato de seus pais, com medo de não ser aceito por eles.


Mas Deus prova o seu amor para conosco,
em que, quando éramos ainda pecadores,
Cristo morreu por nós.

Romanos 5.8